Mário Almeida

MarioAlmeida.jpg

Para Mário Almeida, o artesanato começou nos anos 70, como uma forma de ganhar algum dinheiro para as férias e de poder presentear as meninas do liceu onde andava, com carteiras, porta-moedas, pulseiras, entre outras coisas. Na oficina de calçado do seu pai, subjava pequenos retalhos de pele, com os quais criava alguns acessórios que faziam bastante sucesso entre as raparigas.

Foi assim que começou o seu gosto de criar. Utilizando pele, missangas e arame, Mário começou nessa altura a criar peças únicas e originais, que ainda hoje influenciam as peças que produz.

Nas palavras de Mário: "O gosto das manualidade, o contacto directo e social com o público, a forma de venda alternativa e uma filosofia de vida, fez de mim um trabalhador de uma "arte sã!"".

Contactos:
Telm.: 917 569 883
E-mail: criarte.cecilia(at)hotmail.com